top of page

Cult Gaia: a nova loja de Miami celebra as raízes familiares de sua fundadora

Em Miami Design District, a Cult Gaia inaugurou sua nova casa que é uma cativante homenagem às heranças de Jasmin Larian Hekmat, a fundadora da marca americana.


CULT-GAIA-MIAMI-DESIGN-DISTRICT-SUGARHOUSE

Sabe aquela loja que te convida a entrar só pela sua fachada envolvente, porém ela é ainda mais cativante por dentro? Assim é a nova casa da Cult Gaia em Miami, Estados Unidos. Projetada pelo estúdio de arquitetura Sugarhouse ao lado da fundadora da marca americana, Jasmin Larian Hekmat, o novo espaço de varejo traz referências históricas icônicas da antiguidade clássica e da herança persa, criando uma sensação familiar e calorosa. Os detalhes artísticos e personalizados, que também norteiam o espírito da Cult Gaia, criam uma sensação de fantasia e atemporalidade por todo o projeto.


Logo na fachada, há um mural de 1.800 peças azuis envolvendo a elevação e gerando uma composição que é uma fusão de natureza, fantasia e realidade. Encomendado pela Sugarhouse ao artista Michael Chandler, o mural de azulejos "Árvore da Vida" é uma homenagem à herança de Jasmin e à famosa pintura de Henri Rousseau, "O Sonho". A obra retrata a silhueta de uma árvore com galhos que se estendem pela vitrine, apresentando pássaros e ninfas coroadas de flores.


Para adentrarem à loja, os clientes são recepcionados pelo lema que foi proferido pela avó de Jasmin ao longo da vida — "Que todas as portas do mundo estejam abertas para si". Em seu interior, há duas cúpulas, cada uma com abertura sem moldura, permitindo que a luz natural invada os ambientes e destaque as superfícies, lembrando as formas do Panteão e reforçando a crença da Cult Gaia de que todos são deuses da Terra. Abaixo de cada cúpula, há dois elementos imponentes que são os grandes destaques da loja. O primeiro é uma escultura feminina de concreto, feita pela própria mãe de Jasmin Larian Hekmat, que se eleva em direção ao céu. Já o segundo é uma figueira-da-índia que, tal como a árvore sagrada do Budismo, convida os visitantes a sentarem-se e a alcançarem seu próprio despertar nesse templo da moda.


O interior está divido em três partes principais, sendo a quarta oculta ao fundo. O primeiro ambiente é aberto e revestido em tons cremosos de calcário Bianco Avorio e travertino Bianco Santa Caterina com roupas expostas em araras de latão, remetendo aos acessórios da marca, ao lado de espelhos orgânicos do New Vernacular Studio. Ao continuarem o percurso, os visitantes se deparam com um provador central constituído por cem blocos de arenito esculpidos individualmente e fazendo referência aos templos em cavernas escavadas na rocha, além de proporcionarem privacidade e funcionarem como expositores iluminados para os produtos. Além, os clientes chegam a uma segunda sala similar à primeira com um bar oculto atrás de uma porta de bronze.


"A loja de Miami, portanto, é mais que um espaço de varejo; é uma homenagem profundamente pessoal às minhas raízes, família e às inspirações duradouras que moldam a nossa marca." Jasmin Larian Hekmat

CULT-GAIA-MIAMI-DESIGN-DISTRICT-SUGARHOUSE

CULT-GAIA-MIAMI-DESIGN-DISTRICT-SUGARHOUSE

CULT-GAIA-MIAMI-DESIGN-DISTRICT-SUGARHOUSE

CULT-GAIA-MIAMI-DESIGN-DISTRICT-SUGARHOUSE

CULT-GAIA-MIAMI-DESIGN-DISTRICT-SUGARHOUSE

CULT-GAIA-MIAMI-DESIGN-DISTRICT-SUGARHOUSE

CULT-GAIA-MIAMI-DESIGN-DISTRICT-SUGARHOUSE

CULT-GAIA-MIAMI-DESIGN-DISTRICT-SUGARHOUSE

Fonte: Designboom

Imagens: © Kris Tamburello


Comments


MAIS RECENTES

bottom of page