top of page

Balenciaga in Black: a exposição em tributo ao famoso artista

BALENCIAGA-IN-BLACK

©Mike Bink


"A alta-costura é como uma orquestra, da qual apenas Balenciaga é o maestro. Todos nós somos apenas músicos, seguindo as instruções que ele nos dá."

Assim Cristóbal Balenciaga foi definido por ninguém menos que Christian Dior. Se hoje a Vogue reconhece a Balenciaga como a marca mais quente do planeta, isso só é possível graças ao respeito ao legado de seu criador.


Comemorando 50 anos da morte de Cristóbal Balenciaga, o museu holandês Kunstmuseum Den Hagg apresenta uma ode as suas criações na cor preta com mais de 100 obras-primas, cada uma fornecida pelo Palais Galliera e Maison Balenciaga. A mostra nos leva a refletir sobre as diferentes interpretações artísticas do artista ao longo de sua carreira através da cor mais duradoura e clássica da moda.


BALENCIAGA-IN-BLACK

©Mike Bink


A coleção explora o uso quase obsessivo da cor preta pelo artista. Sem a distração da cor, o que se destaca é a forma revolucionária e escultural, as texturas ricas e contrastantes, além dos detalhes requintados em gazares, rendas, bordados, veludos, sedas drapeadas e lantejoulas cintilantes. Além de uma escolha de design, a cor está muito conectada ao seu DNA originário da Espanha. O preto tem um grande significado histórico na cultura espanhola - o luto católico, o traje tradicional espanhol e os discretos bordados presentes nas roupas da dinastia de Habsburgo. Na época, Cristóbal Balenciaga fazia até seus protótipos em preto, enquanto a maioria dos costureiros da época fazia em algodão cru.


BALENCIAGA-IN-BLACK

©Mike Bink

BALENCIAGA-IN-BLACK

©Mike Bink

BALENCIAGA-IN-BLACK

©Mike Bink


“Ele usava o preto mais do que qualquer outro designer e o usava de uma maneira muito diferente. O preto enfatizou a geometria e a qualidade escultural de seus projetos arrojados, como o balão e o envelope, dando-lhe a liberdade de se concentrar mais na forma do objeto.”, destacou Madelief Hohé, curadora da exposição, em entrevista à BBC Culture.


Cidade: Haia, Holanda

Calendário: 24/09/2022 a 25/03/2023 (Ter-Dom 10h- 17h)


Fontes de pesquisa: WindowsWear, Kunstmuseum Den Hagg e WWD

Fotografias: Mike Bink

MAIS RECENTES

bottom of page