top of page

Asket: a conta de impacto ambiental chegou para seus clientes

Pensando em conscientizar seus clientes sobre o consumo desenfreado, a Asket começou a emitir um recibo de impacto ambiental além da nota fiscal.



O ato de consumir gera prazer, diversão, felicidade, entusiasmo, satisfação e tantas outras sensações positivas que colorem os momentos de nossas vidas. Contudo, é inegável os pontos negativos que geramos ao mundo sem nem percebermos diante de tanto consumo. Você já reparou a quantidade de embalagens que você descarta por dia? E o amontoado de itens nos armários que você só os utilizou uma vez ou nunca e está achando que chegará um momento apropriado para o uso?


Pensando nas diversas consequências negativas do consumo excessivo, a Asket, marca escandinava de vestuário, começou a emitir recibos de impacto ambiental, além da nota fiscal tradicional, para conscientizar seus clientes sobre o custo ambiental e implicação de suas compras. No recibo de impacto, há informações detalhadas das quantidades de água, energia e emissões de carbono utilizadas para produzir cada peça que a pessoa compra. No site da marca, também é possível ver essas informações de cada produto.


Para chegar nos valores calculados, a Asket coleta os dados do ciclo de produção da peça desde a agricultura até a embalagem e, se for compra on-line, também há o acréscimo da forma de envio escolhida pelo cliente. O cálculo é feito a partir de cinco categorias: matéria-prima, tecelagem, fabricação, acabamentos e todo o transporte do ciclo. Ao receber a nota, o cliente toma conhecimento dos quilowatts por hora de energia, metros cúbicos de água e quilogramas de emissão de carbono utilizados em todo o processo.


E, para quem visita a Asket da Norrmalmstorg em Estocolmo, há uma impressão monumental do novo recibo, lembrando aos clientes de seus impactos ambientais em suas decisões de compra enquanto caminham pela loja e escolhem suas peças.


"Como apenas nos disseram o preço que os consumidores pagam por uma peça de roupa, a indústria criou uma desconexão entre os nossos hábitos de compra e o seu impacto. Como resultado, acumulamos uma dívida ambiental irrevogável. E até que coloquemos um preço nos recursos do nosso planeta e compreendamos quanto custam realmente as nossas escolhas, nunca faremos concessões ao consumo a que pensamos ter direito." August Bard Bringéus, cofundador da ASKET

Precisamos parar de tratar pautas importantes para a evolução da sociedade como bandeiras políticas e hasteá-las como se pertencessem a um determinado grupo. Através de vários estudos científicos, é inegável que nossos hábitos de consumo exacerbados causam um impacto negativo no meio ambiente através do uso desenfreado de recursos naturais e o descarte inapropriado em grande quantidade do que consumimos. E o pior é que nem percebemos! Esse tipo de recibo deveria ser regra por ser uma ótima maneira de tomarmos consciência dos nossos atos e procurarmos reduzir os danos em pequenas atitudes no dia a dia. Afinal, se cada um fizer o seu e por onde, a somatória é capaz de gerar um resultado positivo.


ASKET-IMPACT-RECEIPT
ASKET-IMPACT-RECEIPT
ASKET-IMPACT-RECEIPT
ASKET-IMPACT-RECEIPT
ASKET-IMPACT-RECEIPT
ASKET-IMPACT-RECEIPT

Fonte: Designboom

Fotografia: ©Asket

Comments


MAIS RECENTES

bottom of page